Homens recuperam amizades com outros homens depois de um conflito? Na minha percepção (que é cruzada por vários pontos que me formam e informam aos demais), amizades masculinas quando trincadas, são vistas como vidro espatifado. A rigidez dos códigos masculinos e uma certa inabilidade de mostrar a importância da presença do outro na vida (quando tal presença é benéfica) faz com que amizades longas sejam perdidas por conflitos que, pela amizade, se deveria mediar.

Homens se descartam, apesar dos afetos sentidos. Pontes que já eram frágeis para diálogos francos sobre pontos sensíveis(pois quase inexistentes) são implodidos para absolutamente nada ser colocado no lugar. Apenas a observação do que existia ali, com vários receios de reconstruções. Os espaços são mínimos para desacordos, tão comuns nas relações humanas.

Já passei por isso, passo ainda, e acredito que vários irmãos pretos passam também. O “ser firmão”, nesse caso, nos desmorona. No fundo, somos sozinhos. Não no sentido em voga discutido, mas com receio de abrir mão do que parece ser a única nesga de “dignidade” que essa sociedade nos permitiu ter.

O silêncio parece ser o parceiro mais íntimo. Já que impede o “arregar”, e ele só é quebrado para reafirmar o eco de onde jazia uma ponte ligando tais amizades, para reafirmar a força, a posição invulnerável, mas de difícil sustentação emocional.

Homens Negros se toleram. E apenas na medida que sua vulnerabilidade não são exposta ou tocada, o que dá uma margem muito pequena de não-conflitos.

Vários lutos em vida. Por não sabermos realmente trocar, por termos um entendimento bem parco do que seja resolução. Até quando sem ampliarmos a dimensão do real significado da amizade e do afeto que dela deriva?

Obs: Este texto foi feito de maneira simultânea à leitura do capítulo “Waiting dad to come home“, do livro “We real cool“, da instigante bell hooks.

Por: Tago E. Dahoma (Thiago Soares), em 18 de março de 2018.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s